segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Ser feliz é o mais importante


O que te faz feliz? O que te faz sorrir sem perceber? O que te faz sentir como se tudo fosse cor-de-rosa?

Bom como eu já comentei aqui antes estou em tratamento na psicóloga por motivos pessoais e desde dezembro que foi quando eu comecei a terapia eu estou começando a ver as coisas de outra maneira, a minha psicóloga me mostra que coisas que pra mim são como terríveis que não são e que eu que as transformo assim, bem tempestade em copo d'água sabe?

Hoje vim falar daquele sentimento chato que muitas vezes nos incomoda que é o sentimento de nada estar bom, mas que não nos deixa ver o que está bom. Por exemplo, eu fui demitida, fazia um bom tempo que eu queria sair de lá, não me sentia feliz, chorava diversas vezes por não querer mais aquilo, quando a minha ex-chefe me disse as palavras "mágicas" não chorei, me senti feliz, mas depois veio a "culpa" de pensar nas contas que eu tinha que pagar, nos currículos que teria que mandar e comecei a chorar, mas nesse momento eu estava falando com a minha mãe no telefone e ela me disse "tá chorando porque não era isso que tu queria?" (sou hiper mega chorona, choro com comercial de margarina literalmente), costumo dizer que a minha mãe é a minha psicóloga de araque porque quando eu não tenho consulta e não estou me sentindo muito bem eu corro, ou melhor corria para ela, fazendo esse texto me dei conta que antes eu ficava angustiada, realmente infeliz e chorava muuuito mais e agora isso não anda acontecendo.

Diversas vezes deixamos de ver o lado bom das coisas, tá eu sei que nem tudo tem o seu lado bom, mas vou dar outro exemplo, tenho uma amiga minha que está grávida (aliás mais uma afilhadinha para eu mimar muito), e o marido dela na época estava sem emprego, o carro deles estragou e eles vão ter que desembolsar um bom dinheiro para consertar e ela dizia para mim "olha só o carro estragado, o fulano não consegue emprego e eu ainda fico grávida!" dai o marido dela se meteu na história e disse "ainda bem que tu ficou grávida, no meio de tanta coisa ruim pelo menos temos um motivo para ficarmos felizes" e é verdade, um bebê por mais dificuldades que existam é SEMPRE uma benção e nem preciso dizer que o marido desse minha amiga já conseguiu emprego, agora só falta arrumar o carro, o quarto da neném já está quase pronto e ai eu pergunto precisava reclamar tanto?

Espero que vocês estejam entendendo o que eu quero expressar, bom como diz a minha psicóloga ( e a minha mãe também) eu tive câncer quando tinha 13 anos, - vocês imaginam né, no auge do colégio me acontecesse um troço desse a única coisa que mais me preocupava eram com as faltas no colégio, hahaha - bom não gosto de falar desse assunto, não por me trazerem lembranças nem nada, mas para mim eu tive, fiz o que tinha que fazer, passou e acabou, bom a minha psicóloga me lembrou desse fato realmente ruim que me aconteceu e que eu passei e depois de 7 anos estou aqui firme e forte então porque reclamar de uma maltida conta se coisas piores que uma conta aconteceram comigo eu superei?

É bom ver o lado bom das coisas, por mais dificuldades que a minha mãe tenha para pagar a minha faculdade eu estou fazendo a faculdade que eu sempre quis fazer, por mais dificuldades que eu tenha estou aqui vida e lutando pela felicidade.

Espero que todos tenhamos a felicidade almejada, e que vejamos o quão bonito é um arco-íris depois de um temporal.

Até a próxima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário