terça-feira, 27 de novembro de 2012

Psico: Transtornos de Ansiedade

Só para começar esclarecendo eu estou pegando essas informações do DSM-IV-TR ou seja a bíblia dos psicólogos e psiquiatras sobre transtornos mentais e não estou aqui para resumi-lo, mas sim mostrar mais sobre alguns transtornos comuns tá?

Quais os transtornos de ansiedade mais comuns?

Ataque de pânico: período no qual há início súbito de intensa apreensão, temor ou terror, associados com sentimentos de catástrofe eminente.

Agorafobia: é a ansiedade ou esquiva a locais ou situações das quais poderia ser difícil escapar.

Fobia social: ansiedade clinicamente significativa provocada pela exposição a certos tipos de situações sociais, geralmente levando ao comportamento de esquiva.

TOC - Transtorno Obsessivo Compulsivo: caracterizado por obsessões, que causam acentuada ansiedade ou sofrimento, e/ou compulsões, que servem para neutralizar a ansiedade.

TEPT - Transtorno de estresse pós-traumático: se caracteriza pela revivência de um evento extremamente traumático.

Sintomas dos Transtornos de ansiedade:

Ataque de pânico: palpitações ou taquicardia; sudorese; tremores ou abalos; sensações de falta de ar ou sufocamento; sensações de asfixia; dor ou desconforto tóxico; náusea ou desconforto abdominal; sensação de tontura, vertigem ou desmaio; desrealização, sensação de irrealidade, ou despersonalização, estar distanciado de si mesmo; medo de perder o controle ou enlouquecer; medo de morrer; parestesias, anestesia ou sensações de formigamento; calafrios ou ondas de calor.


Agorafobia: é a ansiedade ou esquiva a locais ou situações das quais poderia ser difícil escapar.

Fobia Social:  ansiedade crônica, ansiedade antecipatória, angústia e turvação de pensamento, tensão  muscular, sudorese, dificuldade para falar, mal estar abdominal e falta de ar, ficar corado facilmente, medo de não se comportar adequadamente em situações sociais, tremores nas mãos, pés e voz, suor frio, palpitações ou calafrios, medo de balbuciar, evita situações que o colocariam em exposição social.

TOC: primeiro temos que perceber a obsessão e depois a compulsão. A obsessão pode ser caracterizada por pensamentos, impulsos ou imagens intrusos e impróprios e que causam acentuada ansiedade ou desconforto, esses pensamentos são simples preocupações excessivas sobre problemas de vida real, o paciente tenta ignorar ou suprimir tais pensamentos ou neutralizá-los com algum tipo de compulsão. Já a compulsão se caracteriza por comportamentos repetitivos, ou atos mentais repetitivos, consomem muito tempo e a compulsão não pode ser efeitos de algum medicamento ou drogas.

TEPT: pensamentos recorrentes e intrusos (flashbacks), pesadelos, comportamento como se o evento ocorresse novamente, diminuição expressiva no interesse de realizar atividades comuns e rotineiras que tenham a ver com o evento ocorrido, incapacidade de amar, hiperatividade, distúrbios do sono, dificuldade de se concentrar-se e irritabilidade.



Só para lembrar eu não sou formada em psicologia, e utilizo esse espaço no blog para também poder estudar para as minhas provas ou trabalhos da faculdade ok?

Até a próxima, e não se mediquem sem consentimento de um psiquiatra. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário